Os sintomas de letargia, Causas da letargia, remédios para dieta Letargia, para Letargia, Sugestão para Letargia


Letargia também é descrito como uma extrema falta de energia, fadiga ou cansaço. Letargia pode ocorrer devido a falta de sono ou de exercício, má alimentação, tédio, estresse e excesso de trabalho. Na maioria dos casos letargia é uma resposta normal a qualquer uma dessas condições e pode ser resolvido com bom sono, exercício físico regular, uma dieta equilibrada, e uma redução de fatores de estresse. No entanto, há alguns casos em letargia pode ser sintoma de outra doença mais grave física ou psicológica. Doenças como câncer, asma, anemia, distúrbios do sono, problemas de tireóide, abuso de drogas e alguns medicamentos podem causar letargia. Em tais situações, letargia também podem ser acompanhadas por sentimentos de apatia, depressão e falta de motivação. Se letargia é crónica e não reduz ou desaparece com as normais autocuidado métodos, é indicativo de que existe uma causa mais profunda para a condição de que pode mesmo necessitar de cuidados médicos.

Um diagnóstico de letargia é o primeiro passo para identificar o problema e encontrar o tratamento correto. O seu médico pode recomendar uma série de testes, tais como sangue, urina, e exames de imagem para descartar qualquer outra condição médica. Em si, letargia não é uma doença grave, mas se ele ocorreu de repente ou é acompanhada por outros sintomas graves, contacte o seu médico ou profissional de saúde imediatamente. Sintomas como dor no peito, febre alta, visão turva, palpitações, tonturas, confusão e dor são indicativos de uma emergência médica, se acompanhado de uma perda significativa de energia ou sentimento de cansaço. Se sua letargia é persistente e dura várias semanas ou meses, você precisa de tratamento médico também.

Os sintomas de letargia

A condição ou doença subjacente vai determinar os sintomas letargia. Dependendo da causa da letargia, os sintomas podem variar. Desde letargia é um sintoma não específico, por si só, é útil estar cientes de outros sintomas, de modo que o diagnóstico é mais preciso. Letargia podem acompanhar os sintomas dos sistemas cardiovascular e pulmonar, como dor no peito, taquicardia, falta de ar, tosse, chiado, e freqüência cardíaca anormal. Letargia leva a uma diminuição da força muscular total. Isto por sua vez afeta sua capacidade de trabalhar e jogar. Se não forem tratadas a tempo, letargia poderia resultar em uma completa falta de resposta a qualquer estímulo físico ou emocional. Letargia também pode ser um sintoma da Síndrome de Fadiga Crônica. Letargia ocorre principalmente em adultos e é relativamente raro em crianças. Se uma criança está apresentando algum destes sintomas, presume-se que ele ou ela está sofrendo de depressão ou alguma outra condição médica.

 Letargia sintomas incluem:

  •   Mudança no apetite
  •   Mudança de evacuações e diurese
  •   Os ataques de ansiedade
  •   Sentimento de depressão
  •   Febre, tosse, constipação e
  •   Sentimento constante de desidratação e sede
  •   Dores musculares e articulares
  •   Erupção cutânea ou irritação da pele
  •   Fadiga e fraqueza
  •   Perda de ganho de peso ou de peso repentino
  •   Dificuldade na realização de tarefas diárias normais
  •   Dificuldade de concentração e fadiga mental
  •   Insônia ou dificuldade em adormecer

Causas da letargia

Você pode descobrir a causa da letargia, estudando seus padrões e os sintomas que a acompanham. Uma sensação de letargia que aumenta progressivamente ao longo do dia e é acompanhado por aumento de peso, pele seca e obstipação poderia indicar que é devido ao funcionamento impróprio da glândula tiróide. Letargia que se inicia na parte da manhã e persiste ao longo do dia pode ser devido a falta de tensão do sono, depressão ou extremo. Letargia que não reduz com repouso, uma dieta adequada e exercício físico pode significar que é um sintoma da mais grave síndrome da fadiga crônica. Letargia pode ser causado por problemas relacionados com o sistema cardiovascular e respiratório, tais como a asma, a cardiomiopatia, DPOC, insuficiência cardíaca e pneumonia. Condições psicológicas e neurológicas, tais como abuso de drogas, ataques de ansiedade, depressão, distúrbios alimentares, demência, tristeza, falta de exercício e muito trabalho podem levar à letargia também. Doenças tais como o cancro, anemia, diabetes, desordens renais, dor crónica, doença hepática, problemas de tiróide, artrite reumatóide, distúrbios do sono e pode resultar em letargia como um efeito colateral. Fatais causas da letargia incluem arritmias, overdose de drogas, a hemorragia, a depressão grave, infecção grave, trauma, e insuficiência cardíaca aguda. Em tais casos, a avaliação e tratamento imediato é necessária para evitar uma morte.

O seu médico ou profissional de saúde irá pedir-lhe uma série de perguntas, a fim de chegar à raiz de sua letargia. Estes podem incluir questões como:

  •   Como você dorme?
  •   Em que momento do dia que você notar sua letargia?
  •   Quantas vezes você se sente letárgico?
  •   Você está estressado ou ansioso no trabalho ou em casa?
  •   Quais são os seus humores como?
  •   Qual é a sua rotina diária como?
  •   O que você come?
  •   Você se exercita?
  •   Você está em algum medicamento?
  •   Você bebe ou usa drogas?
  •   Existem outros sintomas que você está enfrentando?

Ao responder a todas essas perguntas com sinceridade, você deverá fornecer o seu médico com a informação necessária para determinar a causa de sua letargia.

Letargia, se não for controlada e não tratada pode resultar em complicações graves de saúde e danos permanentes à sua saúde. Uma vez que a causa tenha sido diagnosticada, é importante que você siga o seu médico recomendações sobre o tratamento de sintomas de letargia.

Remédios para Letargia

Uma vez que os principais sintomas de letargia incluem uma sensação de fadiga e fraqueza, geralmente há uma queda nos níveis de atividade e exercício. A maioria das curas para a letargia são direcionados no sentido de reduzir o cansaço, equilibrando o ganho ou perda de peso e melhorar o funcionamento muscular. Remédios naturais para a letargia são sempre voltados para os sintomas específicos que acompanham a doença.

  •   Chá de folhas de manjericão ou um suco de uva fresca e limão ajuda com perda de apetite e na redução da sensação de cansaço.
  •   Sucos cítricos, como suco de laranja e suco de limão também melhorar a circulação do sangue e pode reduzir a sensação de letargia.
  •   Alguns remédios caseiros para a letargia também incluem o consumo de quantidades moderadas de chá ou café para reavivar baixos níveis de energia. Isto pode ser contraproducente, no entanto.
  •   Home remédios para a melhoria de energia incluem a terapia de massagem com óleos essenciais como alecrim e eucalipto.
  •   Banhos quentes com algumas gotas de óleos essenciais como lavanda ou citrus pode acalmar ou revigorar você.
  •   Os óleos essenciais são apaziguadores do stress excelentes também.
  •   Acupressure é também disse que para reduzir a letargia e aumentar os níveis de energia.
  • Tenha em mente a maioria desses remédios caseiros para a letargia são simplesmente para ajudar a aliviar os sintomas e não curar a doença. Além disso, há pouca ou nenhuma pesquisa sobre os efeitos da maioria desses remédios naturais e os efeitos podem variar muito entre diferentes indivíduos.

    Dieta para Letargia

    Especialistas acreditam que a baixa imunidade e uma dieta pobre são as principais razões para a letargia. Os alimentos que você come pode afetar o seu corpo e fazer uma enorme diferença na maneira como você se sente em uma base diária. Uma dieta para letargia não deve incluir alimentos ricos em gordura, açúcar ou aditivos e produtos químicos. Over-alimentos processados devem ser substituídos por alimentos integrais e alimentos super vez. Evite o açúcar branco, alimentos gordurosos, alimentos gordurosos e condimentados que colocam muito estresse sobre o sistema digestivo. Desequilíbrios de níveis de bactérias no sistema digestivo também afectar a forma como o alimento é transformado no organismo. Não existe cura definitiva dietético para letargia no entanto, e a eficácia de qualquer plano de dieta pode também depender da causa subjacente. Para combater a letargia, você deve comer uma dieta saudável e equilibrada composta de frutas e vegetais frescos, grãos integrais, couve, proteínas e carboidratos complexos. Beba pelo menos oito a dez copos de água por dia para evitar a desidratação e cansaço.

    Há também vitaminas específicas para letargia que poderia ajudar. Ansiedade e estresse podem causar letargia. Ansiedade crónica pode conduzir a um empobrecimento da adrenal no corpo e pode ser contrariada, aumentando a sua ingestão de vitamina B e de magnésio. Multivitaminas alta em cromo e equilíbrio de magnésio ajuda a níveis de açúcar no sangue e prevenir a fadiga e alterações de humor. O ferro é um dos nutrientes mais importantes, especialmente para as mulheres. Baixos níveis de ferro pode resultar em cansaço e letargia crônica. Comer alimentos ricos em ferro, como vegetais de folhas verdes, carne vermelha e legumes pode ajudar significativamente em tal cenário para combater a anemia e reduzir os sintomas de letargia. Muito ferro, porém, pode causar dor, constipação, flatulência e assim seguir o seu conselho médicos se você quiser experimentar quaisquer suplementos.

    Sugestão para Letargia

    Sentimentos de letargia são muitas vezes agravados pelo uso de drogas e álcool. Álcool esgota o corpo de água e dificulta o bom funcionamento dos vários sistemas, como resultado. O equilíbrio de eletrólitos está chateado quando muito álcool é consumido e os processos naturais do corpo são interrompidos levando à exaustão e letargia.

    Uma das melhores maneiras de combater a letargia é através do exercício. Yoga, cardio exercício, como correr ou nadar pode reduzir o estresse, menor ansiedade e levar a padrões de sono regulares. Além disso, um regime de exercício também ajuda a reduzir o peso e aumenta a imunidade impedindo assim outras doenças e condições que podem levar a letargia também.